25 de set de 2013

Perc3ption - Reason And Faith



Nota: 7,00

O Brasil produz toneladas de bandas de Heavy Metal todos os anos, muitas sequer lançam demos decentes, outras tantas lançam álbuns com qualidade duvidosa (como em qualquer lugar do mundo) e poucas conseguem bons resultados nas estréias, o Perc3ption felizmente passou no teste do debut.

Os paulistas praticam um Prog/Power Metal competente com uma dose extra de peso, o estilo já atravessa uma considerável estagnação, o que torna a missão dos caras mais complicadas, soar relevante em um cenário relativamente desgastado entretanto, Reason and Faith consegue convencer  soando bem acabado graças ao bom trabalho de Edu Falaschi que assina a produção juntamente com o pessoal do Norcal Studios.

Referências não faltam, podemos ouvir algo de Symphony X, Masterplan, Queensrÿche, Fates Warning e Dream Theater influências sadias que os distanciam de uma mera cópia. O Perc3ption tem personalidade e apresentou em Reason And Faith motivos para obter renome na cena.

O bom timbre do vocalista Luiz Poleto é um atrativo, com vocalizações em tons médios com um bom uso dos drives, a dupla de guitarras formada por Rick Leite e Glauco Barros consegue criar boas melodias e riffs com temas progressivos aliando boa dose de técnica e sensibilidade. Como uma boa banda de progressivo a cozinha tem que ser afiada, Peferson Mendes e Wellingnton Consoli  dão conta do recado, dois grande músicos que  se entendem muito bem nas mudanças de andamentos, seja em partes mais calmas ou mais pesadas.

A abertura com piano em Trust Yourself foi uma boa sacada, cria um clima grandioso para uma paulada Power Metal com guitarras em afinação baixa e palhetadas com acento Thrash Metal, a cadência do refrão é ótima, e destaca o trabalho preciso e certeiro do vocalista Luiz Poleto.

Nonexistence caminha para o power metal com uma boa dose de peso, bem focada nas guitarras da dupla Rick Leite e Glauco Barros, Surrender é o som mais cativante de Reason And Faith, trazendo uma cadência boa que aproxima de uma sonoridade Hard Rock,  graças ao baixo e teclados que ditam o ritmo alinhado ao compasso alternado da bateria de Peferson, um grande refrão que faz jus a grandes nomes como Queensrÿche e Fates Warning.

Dead Man In Me é mais uma música que prioriza a melodia, graças a boa interpretação de Luiz Poleto que se aproxima a Russel Allen (Symphony X), Feeding On Living Blood é complexa em seus 9 minutos é  construída sob uma parede de guitarras muito bem arranjadas alem de ótimo jogo de vozes no refrão.

Na segunda metade do disco, temos a veloz e clichê Illuminati, que pouco agrega ao trabalho, a dobradinha Master Of Ilusion e Suspension Of Disbelief estão ligadas formando uma epopéia progressiva, com boas letras baseados no título que contrasta Fé e Razão, a alternância de peso e belas melodias tem seu ápice, um ótimo momento com uma carga emocional bem forte, outro grande momento do Perc3ption

Teclados climáticos e guitarras dignas de Joe Satriani iniciam Beyond The End Of Life,  a maior faixa do registro com seus 10 minutos,  recheadas de alternâncias e climas, conta com uma grande  atuação do baixista Wellignton Consoli em suas linhas bem destacadas. Composição caprichada que fechou bem o trabalho de estréia dos caras.

Mesmo com a boa produção, o alto nível de compressão tirou um pouco da definição sonora em momentos mais pesados, talvez o intuito foi deixar as músicas mais sujas, porém atrapalhou o resultado final.

Em linhas gerais o Perc3ption fez o dever de casa em Reason and Faith, uma estréia promissora que mostrou potencial para crescer no futuro, eles podem evoluir ousando mais nos timbres e se desfazendo de alguns clichês . De qualquer forma estamos diante de uma banda com enorme potencial que deu um passo muito importante fazendo bonito em sua estréia.



Surrender



Reason And Faith (2013)

01. Trust Yourself (Glauco Barros/Glauco Barros)
02. Nonexistence (Perc3ption/Luiz Poleto)
03. Surrender (Glauco Barros/Luiz Poleto)
04. Dead Man In Me ((Perc3ption/Luiz Poleto)
05. Feeding On Living Blood (Glauco Barros/Barros/ Poleto)
06. Illuminati ( Rick Leite/Poleto)
07. Master Of Ilusions(Glauco Barros/Glauco Barros)
08. Suspension Of Disbelief (Glauco Barros/Glauco Barros)
09. Beyond The End Of Life (Glauco Barros/Glauco Barros)

A Banda

Luiz Poleto (Vocais)
Glauco Barros (Guitarra)
Rick Leite (Guitarra)
Wellignton Consoli (Baixo)
Peferson Mendes (Bateria)

Produzido por Edu Falaschi

Agradeço ao Perc3ption que cedeu o material para a resenha!



Postar um comentário