12 de jul de 2012

1982 - Álbuns que fizeram época.



Saints & Sinners 






Whitesnake  lança seu sexto álbum na terra da rainha e contava com músicos de primeira linha com um som empolgante. Mas também o que esperar de uma banda com David Coverdale, John Lord, Ian Paice, Micky Moody, Bernie Mardsen  e Neil Marrey.  Fabuloso!





The Number of the Beast





Esse álbum tem uma mudança radical na cara da banda, ou melhor, na voz da banda a saída de Paul Di´Anno, para a entrada de Bruce Dickinson, fazendo assim a formação mais duradoura do Iron Maiden. Sendo esse o ícone, a porta de entrada, do Mundo do Heavy Metal. Para sentir o sangue nas veias!





Screaming for Vengeance

Oitavo título da banda britânica Judas Priest gravado em Ibiza na Espanha. Mostranado um show vocal de Rob Halford e as guitarras no melhor estilo " barbeador elétrico" de K.K. Downing e Glenn Tipton. Um show de musicalidade poder e personalidade que viria a marcar uma geração



Creatures of the Night



Em seu décimo álbum o KISS vem com tudo mostrando suas armas, as músicas encorpadas com baixo, guitarra, bateria e vocal alinhados, fazendo um som pesado que até o mais fanático entusiasta nunca sonhou. Os roqueiros mascarados mandado bronca nos seus 38 minutos de música Encorpada!









Blackout


Vindo da Alemanha, Scorpions lança seu oitavo álbum com clássicos que até os dias de hoje são ouvidos com a emoção das primeiras audições, um som veloz nas guitarras e a bateria que mais parece uma artilharia pesada. Outro clássico que qualquer amante do rock estaria comprando, com sorriso no rosto e um Bolachão na mão.







Postar um comentário