16 de abr de 2013

TUF Finale 17 - Uriah Hall surpreende...negativamente!

No último sábado tivemos as finais do TUF 17, que marcava o torneio dos pesos Médios e teve como treinadores Chael Sonnen e Jon Jones, uma grande edição com bons lutadores, diga-se de passagem, apesar do card sem grandes estrelas, o evento foi um dos melhores do ano até agora, grandes lutas e muita emoção.

Uriah Hall derrubou meus palpites e foi a grande decepção da noite!


Napão perde de forma polêmica, Zingano se supera!

Gabriel Napão foi derrotado por Travis Browne de forma polêmica com possíveis cotoveladas ilegais do americano, o staff do brasileiro recorreu e o resultado pode ser revertido caso a comissão atlética de nevada considere os golpes, um deles apagou o brasileiro, como ilegais, mas de qualquer forma Browne ainda está com a vitória.

Zingano se supera!
Na segunda luta feminina da história do UFC, Cat Zingano e Miesha Tate protagonizaram um grande combate, que levantou o Mandaly Bay, Tate levou vantagem ao derrubar e imprimir um ritmo forte no chão, Zingano mostrou força para se recuperar, mesmo perdendo os dois rounds iniciais, sendo que o segundo foi mais equilibrado, ela buscou forças para conseguir uma sequencia de golpes e finalizar a luta por TKO, uma grande virada!


Uriah Hall = Decepção

Kelvin amassa Uriah Hall
Uriah Hall ficou conhecido como Homem Hospital, pois no TUF 17 ele detonou seus adversários de forma brutal, chutes rodados, diretos caminhando para trás, e até nocaute com socos da Guarda de costas para o chão. Com um retrospecto destes, Hall era tido como uma das maiores certezas do evento, entrentanto Kelvin Gastelum queria quebrar a banca!

Mostrando uma disposição invejável e muito coração partiu para cima do favorito e impôs uma blitz pesada, golpeando e usando seu wrestling para encurtar os espaços, Uriah Hall ficou visivelmente surpreso, mas manteve a confiança (e arrogância) tentando baixar a guarda e nocautear Gastelum com um único golpe.

Kelvin dominou a luta, mesmo com lampejos de reação de Hall, que cresceu de produção no fim do segundo e inicio do terceiro round, entretanto, isso foi pouco, uma vez que seu adversário derrubuava e golpeava com mais precisão e vontade. No fim das contas, Kelvin Galestum vencue na decisão dividida dos juízes, aliás, um destes senhores assistiu outro combate, e foi coroado como vencedor do TUF 17, com méritos. Uriah Hall vai ficar com essa derrota engasgada por um bom tempo!
Hall subestimou Kelvin

Faber faz o dever de casa

Faber mais consciente na luta em pé

Urijah Faber se consolidou como um dos desafiantes para o cinturão dos pesos galos, impondo seu jogo sobre o raçudo Scott Jorgensen, Faber conduziu muito bem o combate, aplicando bem suas combinações, clinches e até quedas, mostrando-se completo, veloz e muito bem condicionado. Jorgensen demorou para entrar no combate, e mesmo fazendo um bom terceiro round, jamais ameaçou a supremacia do California Kid.

Já no quarto round, Faber veio disposto a definir o combate, e Jorgensen queria complicar as coisas, em um combate franco, Jorgensen encaixou bons socos e cotoveladas, mas Faber, muito hábil, impôs seu clicnh, muchilou, atacando das costas fechou a luta com um bonito mata-leão. Uriah Faber anotou mais uma vitória para sua carreira!


Preparando para finalizar




Resultado dos palpites:3 Erros ( Browne, Zingano e Kelvin Gastelum)  2 Acertos (Bubba e Faber)
Placar Geral: 22 Acertos e 19 Erros =  53,4%  de Acerto
Postar um comentário