6 de mai de 2012

UFC ON FOX 3 - Uma grande surpresa!

Em mais uma Edição do UFC ON FOX, tivemos uma noite cheia de bons combates, com um card de primeira linha, não faltou emoção para os telespectadores que acompanharam o evento.

Lutas bem casadas, movimentadas e emocionantes fizeram a alegria dos fãs de MMA em New Jersey. Teve de tudo, nocautes, finalizações e decisões difíceis para os juízes laterais!

Lavar Johnson nocauteia Pat Barry

Em um duelo de pesos pesados emocionante, o Octagon tremeu com os golpes de ambos os lutadores, Johnson aproveitou maior envergadura, e com seus potentes cruzados acertava Barry com freqüência, que respondeu bem, e combinou high kicks, low kicks e diretos. O momento crucial da luta, foi quando Pat Barry levou Johnson para o chão, e conseguiu a montada, porém, preferiu a saída para o cem quilos, e quase finalizou o adversário na Americana. Johnson, escapou, levantou, e com uma seqüência de golpes nocauteou Barry.

Johnson aplicando a seqüência que definiu a luta


Alan Belcher quebra a banca de apostas

Na Segunda luta do card principal Alan Belcher, enfrentou o favorito Rosimar Palhares, Toquinho iniciou o combate buscando a queda ecom êxito, colocou Belcher no chão atacando o tornozelo do americano, que apesar de claramente assustado, se defendeu das demais investidas do brasileiro dentre elas uma leg lock e um arm lock.

Em certos momentos,  Toquinho parecia próximo da finalização, mas Belcher, mostrando seu conhecimento de faixa marrom de Jiu Jitsu, se defendeu bem, até conseguir ficar na guarda, e desta posição aplicar um efetivo Ground and Pound.  

Toquinho errou, e não se defendeu adequadamente, não fechando a guarda nem tentando afastar o adversário. Dan Mirgliotta Interrompeu o combate no primeiro round por TKO. Belcher avança na corrida pelo cinturão.

Toquinho atacando o calcanhar de Belcher

Belcher aplicando golpes de dentro da guarda


Koscheck e Hendricks - decisão complicada

Na luta mais dificil para ser julgada, Josh Koscheck e Johny Hendricks fizeram três rounds muito parelhos e dividiram a opinião de todos, no geral Hendricks acertou golpes mais contundentes, deformando a cara de Koscheck, que por sua vez consegiu por duas vezes derruba-lo  e domina-lo no solo.

No primeiro round, Koscheck atacou mais, e aplicou bons golpes, dominando o opontente, na etapa seguinte, Hendricks acertou golpes que o balançaram , sendo um potente overhand e um upper, Koscheck,se recompôs, conseguiu uma queda, e controlou o adversário, porém perdeu o segundo round.

No terceiro round, a luta foi muito equilibrada, Hendricks acertou melhores golpes, Koscheck derrubou, e progrediu no solo na etapa final, conseguindo até bons golpes no chão.  O equilíbrio se refletiu na decisão dos juízes, sendo que Hendricks levou por 2x1 na decisão dividida (29-28, 29-28 e 28-29). Sendo assim ele pode ser um desafiante pelo título na categoria meio médio, após St Pierre e Condit lutarem pela unificação dos cinturões.



Troca franca de golpes!

O potente cruzado de esquerda que abalou Kos!

Diaz confirma favoritismo e finaliza Miller

No main event, tivemos a luta de pesos leves, Nate Diaz x Jim Miller ,  o vencedor avança de forma significativa na corrida pelo cinturão.

 Em um combate movimentado as duas estratégias estavam bem definidas, Diaz, controlando a distância, usando jabs e golpes no corpo de Miller, que por sua vez, procurava no clinche, golpes curtos, cotoveladas e joelhadas.

A luta foi aberta, porém Diaz manteve o controle, e dominou as ações, apesar dos bons golpes de Miller; no chão, Diaz chegou a se perder quando estava por cima, dando as costas para Miller, porém, escapou, e com uma bela raspagem com ganchos, ficou por cima, e se levantou. 

Entretanto com o passar do tempo, Nate passou a dominar a luta de tal forma que ao provocar Miller, fez com que este caísse em seu jogo mental, e aí foi bombardeado com mãos potentes, até que numa entrada de queda desesperada de Miller, deixando o pescoço exposto, Diaz encaixa uma guilhotina, gira, e finaliza com maestria. Fechando o UFC ON FOX 3 de maneira fantástica.

Diaz finalizando na guilhotina


Placar das Previsões: 3 Erros (Lavar Johnson, Alan Belcher, Johny Hendricks) 1 Acerto (Nate Diaz)

Postar um comentário