30 de abr de 2012

TUF Brasil - Uma caricatura Global

A imagem do TUF Brasil!
Quando anunciaram a primeira edição do The Ultimate Fighter realizada em solo brasileiro, com técnicos e lutadores locais, criou-se uma grande expectativa de quão interessante seria ver nossos atletas neste formato, que alavancou o MMA nos Estados Unidos em 2006.

A entrada da Rede Globo na jogada, bem como as transmissões de eventos ao vivo criaram uma atmosfera propicia para o crescimento do MMA por essas terras, bem como uma plataforma que poderia levar o TUF Brasil a patamares jamais visto em um esporte que não fosse o futebol por aqui.

Porém, caminhamos para o meio da temporada, e a cada programa fico mais decepcionado com o péssimo direcionamento que a Globo deu ao show.  Vitor Belfort e Wanderlei Silva são meros garotos propaganda   de produtos, os atletas da casa são direcionados a fazer merchandising, a cada vitória  somos bombardeados pela propaganda dos patrocinadores, que contou  até  com um ridículo banho de Açaí....

No fim das contas, não é mostrado o treinamento, a briga diária de cada um para ganhar o contrato gordo que o UFC oferece ao vencedor, sequer mostram a preparação dos atletas que vão lutar... basicamente o TUF Brasil se resume a propagandas de Shampoo, isotônicos, combate a dengue, automóveis... e uma luta no final do programa....

Quem assiste as edições americanas do TUF nota a  diferença gritante de profissionalismo, comprometimento e respeito da ZUFFA para com treinadores, técnicos, lutadores e principalmente o telespectador, que é o motivo maior disso existir.

É vergonhoso o que a Globo fez com o TUF,  simples assim, poderia ser um marco na história do MMA, virou piada, com anúncios e ações de merchan.

A Globo nocauteou o TUF....infelizmente
Postar um comentário