20 de jan de 2015

Serious Black - As Daylight Breaks



Nota: 7,00

Abrindo a temporada 2015 de resenhas no Its Electric temos o Serious Black, um projeto que almeja o status de banda e teve como maior chamariz as presenças de Thomas Stauch (Bateria, ex-Blind Guardian) e Roland Grapow (Guitarras, ex-Helloween, Masterplan) como membros efetivos do conjunto, contando ainda com Urban Breed (Vocais), Dominik Sebastian (guitarras) Mario Lochert (Baixo)  e Jan Vacik (Teclados).

Com um time competente e renomado dentro da cena do Power Metal mundial gravaram o debut As Daylight Breaks que musicalmente explora o histórico musical dos membros adicionando algumas boas doses de Hard Rock e  AOR, as influências de Masterplan são evidentes, mostrando a forte influência de Grapow nas composições.


Quando I Seek No Other Life começa a tocar somos transportados ao fim dos anos 90 e inicio dos anos 2000, um power metal vigoroso, melódico dotado de grandes arranjos e um refrão forte, o trabalho vocal de Urban Breed é digno de aplausos, para o bem ou para o mal, uma música conservadora.


Explorando teclados e orquestrações juntamente com as guitarras de Grapow e Sebastian, o Serious Black usa muitas harmonias ricas em detalhes como no single High And Low e na emocionante Sealing My Fate, os contornos de Hard Rock e AOR se expandem em Akhenathon  com harmonias orientais e viradas de baterias vigorosas de Thomas Stauch.


O acento progressivo e arrojado de My Mystic Mind é acompanhado de uma pegada melódica indefectível, a forte presença de Jan Vacik é a base da música, orquestrações e teclados preenchendo todo o som e o grande trabalho de Breed é notado em linhas vocais arrojadas.


Trail Of Murder evoca o Masterplan, seja pelo trabalho mais intrincando de bateria como no arranjos das guitarras que soam pesadas,  As Daylight Breaks é uma balada orquestrada, que baixa a rotação e adiciona grandes melodias em um tom épico e sereno, Setting Fire To The Earth é mais uma que aposta na fusão Hard Rock e Power Metal, Listen To The Storm, é uma surpresa agradável com arranjos vocais excelentes, e com o toque refinado do solo de Roland Grapow, uma influência do brasileiros do Angra é notado  claramente. 

Fechando a estreia vem a imponente e cativante Older And Wiser, uma faixa direta,que pega o ouvinte com um gancho melódico agradável, e mostra a capacidade de Urban Breed em cantar com a alma.


As Daylight Breaks não vai revolucionar o Power Metal, entretanto com um time sólido, formado por músicos talentosos pode crescer muito, principalmente se explorar seu lado mais Progressivo.





High And Low






As Daylight Breaks (2015)

  1.  I Seek No Other Life
  2. High And Low
  3. Sealing My Fate
  4. Temple Of The Sun
  5. Akhenaton
  6. My Mystic Mind
  7. Trail of Murder
  8. As Daylight Breaks
  9. Setting Fire To The Earth 
  10. Listen To The Storm
  11. Older And Wiser

A Banda

Urban Breed (Vocal)
Roland Grapow (Guitarra)
Dominik Sebastian (Guitarra)
Mario Lochert (Baixo)
Thomas Stauch (Bateria)
Jan Vacik (Teclados e Orquestrações)


Postar um comentário