11 de jan de 2013

Dias de Luta #1 - Um novo ano, velhos hábitos



Treinar Jiu Jitsu é o meu passa tempo predileto, sou um praticante viciado da modalidade há quase 8 anos e já não consigo imaginar como seria viver sem essa arte marcial que é uma filosofia de vida.

Sendo assim, faz  tempo que gostaria de escrever um pouco sobre isso por aqui, falar um pouco sobre a vida de atleta amador, em tom bem pessoal e descontraído, sem fugir de um dos temas do Its Electric, as lutas.A idéia dessa série de posts é compartilhar um pouco do desafio diário de quem treina sem ganhar nada em termos financeiros,  mas sim por algo a mais: o desafio de se testar, de dar cada passo evolutivo rumo ao auto conhecimento.

Pois bem, gostaria de estrear essa sessão falando um pouco sobre a motivação de superar os próprios limites. É sabido que o Jiu Jitsu é uma modalidade de evolução gradual, hora rápida, hora lenta, hora praticamente inexistente, meses e meses treinando sem grandes resultados aparentes até atingir o próximo estágio, este que vai além de graduações ou campeonatos, mais relacionados ao domínio sobre a arte em si, milenar, com uma origem impensável e um renascimento no ocidente mais improvável que sua própria criação.

Já batendo na porta dos 30, eu comecei a aprender sobre o tal conceito de arte suave, tão suave que após 8 anos já me deu boas lesões, mas muito mais que isso me ensinou sobre meus instintos e como domá-los. Talvez hoje, no ciclo final da faixa roxa, eu comecei a aprender Jiu Jitsu, e isso me motiva a cada treino tentar aprender, achar mais fragmentos deste enigma que constitui essa arte.

Com o fim da primeira semana de treinos de 2013, continuo treinando muito, mas vejo que o caminho rumo a faixa marrom é mais árduo do que eu podia imaginar, qualidade e quantidade de treino sempre caminham juntas, ainda mais quando o que é preciso aprender é detalhado, quase invisível e mesmo assim acaba te deixando  anos luz de ser tecnicamente tão bom quanto os outros mais graduados que você.

Enfim, um novo ano, com velhos hábitos de treinar toda a semana rumo a evolução constante!



Postar um comentário