27 de mai de 2015

UFC 187 - Uma nova era de campeões


O UFC 187 aconteceu no último sábado (23 de Maio) em Las Vegas e marcou o inicio de uma nova era de campões do evento, por força de circunstâncias ou mesmo pelo eterno inimigo dos atletas, o passar do tempo.

A primeira disputa de cinturão da noite, colocou frente a frente duas gerações do MMA, Vitor Belfort que vinha de 3 nocautes em 3 lutadores bem rankeados, Bisping, Rockhold e Henderson enfrentou o campeão Chris Weidman, que após destronar Anderson Silva, derrotou Lyoto Machida em um combate épico.

Belfort sem o TRT se mostrou visivelmente mais fraco, e mesmo aplicando uma sequencia forte que quase nocauteou o campeão não soube dosar seu ímpeto e ao não nocautear se viu esgotado fisicamente (provavelmente a explosão e o excesso de adrenalina jogaram o gás de Vitor no chão), Weidman semi nocauteado derrubou Belfort e com uma facilidade absurda passou a meia guarda, montou e golpeou até que o juiz interrompesse o combate.

Chris Weidman venceu Vitor Belfort por nocaute técnico no primeiro round, mesmo com um corte grande no supercilio e com um sangramento considerável no nariz. E o Jiu Jitsu afiado do americano fez a diferença. Além da maior juventude e vitalidade.


Belfort golpeou bem no inicio
Weidman mesmo com cortes resistiu bem
Weidman ativo e Golpeando

Belfort imovel e esgotado


No evento principal Daniel Cormier e Anthony Johnson protagonizaram um grande combate, mas a dinâmica foi parecida com a da luta anterior, Johnson acertou um direto no começo da luta que levou DC ao chão, este soube administrar a potência dos golpes e usar seu wrestling premiado para frear o ímpeto do adversário e aos poucos dominar a luta.

Após uma queda espetacular, Cormier castigou Johnson no segundo round, mas mesmo em clara desvantagem, AJ ameaçava com golpes duríssimos, mas no terceiro round, Cormier amplificou seu domínio e finalizou Johnson com um mata leão. É a terceira vez que Anthony Johnson é finalizado no pescoço, e a terceira em categorias diferentes, Koscheck, Belfort e agora Cormier o finalizaram com mata-leão.



Dominio nas quedas

Ataque de braço...
Ataque no pescoço sendo preparado


Sendo assim, Chris Weidman se mantém campeão dos médios  e Daniel Cormier substitui Jon Jones como campeão dos meio pesados.


 Resultado dos palpites UFC Fight Night 64 e UFC 187 8 Acertos (Neil Magny, Mark Munoz, Mousasi, Edgar, Benavidez, Cerrone, Weidman e Cormier) , 3 erros (Levan Makashvili, Phillipe Nover e Andrei Arlovski) 

Placar Geral: 34 Acertos, 21 Erros  - 61% de Acerto

Postar um comentário